Curso de Libras para Mudos Consensuais

large

 

Hoje então, acordei cedo
lavei as roupas, corroí-me toda e
comecei, finalmente,
naquele curso de libras
para mudos consensuais
belíssimo, por sinal
advindo no avanço da ciência
em colar a língua na boca
e nos livrar daquela inveja velada
daqueles que tiveram a sorte
de abraçar a mudez na nascença.

Bang! hoje, com todas essas
revoluções e pesquisas
não mais se justifica
que só alguns possam ter tamanho privilégio!

Pense no quanto evitaremos
guerras, discórdias
ou o simples desejo de
debulharmo-nos em eu te amo.
Vergonhas, não mais!

Já na primeira lição aprendi:
não se deve dizer o quanto se ama,
só confesse desconfianças.

Na segunda, pontualmente:
Palavras fazem chacota
Elogios são vãos, sentimentos exprimem um péssimo gosto
pedras ou palavras possuem a mesma significação.

Questiono de novo toda a dor desse mundo
Ora! só pode ser uma piada – para muitos contada
e que te faz moribundo.

Na terceira lição, quem sabe
eu possa falar sem tanto alarde
dos ventos e das flores,
dos restos humanos
sem nenhuma emoção.

(Primeiras Poemas – Bruna Alencar)

Anúncios